[ editar artigo]

Família, Escola e Filhos- A tríplice Coroa Educativa Inclusiva

Família, Escola e Filhos- A tríplice Coroa Educativa Inclusiva

A educação é um processo contínuo e sequencial que se desenvolve tanto na escola como no ambiente familiar, meu objetivo hoje é abordar a tríplice relação entre a escola, a família e o aluno, pois estes possuem importante papel no processo educativo.

Interessante destacar que o Blog Mundo Adaptado, no qual eu represento, presa por uma educação inclusiva e que ressalte as potencialidades de todos, e nesse  momento, apresento a importância da Tríplice Coroa Educativa.

É de suma importância a reflexão acerca da importância do trabalho conjunto entre pais, professores e crianças, principalmente no processo educacional e no desenvolvimento.A integração família-escola é uma importante parceria para a melhoria na aprendizagem, sendo que a mesma deve ser baseada na participação da família na vida escolar do aluno visando a melhoria do processo ensino - aprendizagem.

Como construções sociais relativamente recentes, estas complexas reformulações familiares encontram-se sem modelo preestabelecido. Sendo assim, cada família necessita lidar com seus padrões e conceitos preestabelecidos para deles fazer emergir uma maneira original de constituir um grupo familiar com funções, direitos e deveres que atendam aos que dele participam. Nesta reformulação, as questões de gênero são inevitavelmente questionadas e pressionadas a transformarem-se (BATTAGLIA, 2002, p. 7).

A família é única em seu papel determinante no desenvolvimento da sociabilidade, da afetividade e do bem estar físico dos indivíduos, principalmente no período da infância e da adolescência. É na família que a criança se integra no mundo adulto, onde recebe orientação e estímulo para ocupar um determinado lugar na sociedade adulta, em função do seu sexo, sua raça, suas crenças religiosas, seu status econômico e social (PRADO, 1985, p.40).

Para ampliação do conhecimento, apresentando a definição da palavra FAMÍLIA de acordo com o Dicionário Aurélio: família é o conjunto de parentes por consanguinidade ou por afinidade; ascendência, linhagem, estirpe; conjunto de pessoas da mesma seita, fé, sistema, profissão, etc. Assim, a família é a unidade básica da sociedade formada por indivíduos com ancestrais em comum ou ligados por laços afetivos. Ela integra o grupo social primário que influencia e é influenciado por outras pessoas e instituições.

Quanto à estrutura familiar nem todos os aluno pertencem a famílias com pai e mãe, com recursos suficientes para uma vida digna. Normalmente verificam situações diversas: os pais estão separados e o aluno vive com um deles, o aluno é órfão, o aluno vive num lar desunido, o aluno vive com algum parente; etc. Muitas vezes, essas situações geram obstáculos à aprendizagem, não oferecem à criança um mínimo de recursos materiais, de carinho, compreensão, amor (PILETTI, 1989, p. 151- 153).

Problemas familiares como separação dos pais, abandono, falta de afeto e violência também desequilibram esta relação tríplice (escola, pais e filhos), cabendo a escola se reorganizar a fim de contornar estas dificuldade e propiciar uma formação.

Quando a família participa da educação das crianças, elas podem sairem-se bem melhor na escola e na vida, despertando o interesse e a curiosidade.

A parceria entre escola e família baseia-se na divisão do trabalho e de responsabilidades da educação das crianças, jovens e adultos, envolvendo expectativas recíprocas. Tendo em mente, que o ser humano aprende o tempo todo, nos mais diversos interesses que a vida lhe apresenta, o papel da família é essencial, pois é ela que determina, desde cedo, o que seus filhos precisam aprender e de que forma esta educação será produtiva.

Destaco ao término de mais uma postagem no Blog Mundo Adaptado, a importância do ensino aprendizagem com o apoio da família, e enfatizo nesse momento que para um aluno com deficiência, a participação efetiva de escola, âmbito familiar e aluno são imprescindíveis no processo de evolução.

Qual seria esse processo de evolução que eu considero fundamental para o aprendizado de um aluno com deficiência? Citarei abaixo:

  1. Adaptação ao meio
  2. Respeito dos colegas de turma
  3. Socialização (envolvimento nas atividades, ou seja, estar juntos nas atividades inclusivas)
  4. Sociabilidade (Participar efetivamente das atividades inclusivas)

Esse processo de evolução citado acima só ocorre com um trabalho integral entre família e escola, onde todos estão com os mesmos olhares para o crescimento.

Conheçam mais um pouco do  trabalho Inclusivo que realizo, no vídeo abaixo.

Professor Fernando Toledo Cardoso.

 

 

Mundo Adaptado
Fernando Toledo Cardoso
Fernando Toledo Cardoso Seguir

Professor de Educação Física, com segunda licenciatura Plena em Pedagogia, pós graduação em: Deficiência Intelectual ✅ Deficiência Física ✅ Psicomotricidade ✅ Psicopedagogia ✅ Trabalhou na ACDEM e AACD com olhares para diversidade humana.

Ler conteúdo completo
Indicados para você