[ editar artigo]

Pé Torto Congênito (PTC): Associação Primeiro Passo disponibiliza banco de órteses a baixo custo

Pé Torto Congênito (PTC): Associação Primeiro Passo disponibiliza banco de órteses a baixo custo

Comprar uma órtese nova não é barato, ainda mais quando essa troca deve ser feita várias vezes ao ano conforme o crescimento da criança em tratamento do Pé Torto Congênito (PTC). Pensando nisso, a Associação Primeiro Passo, entidade reconhecida pela Associação Ponseti Internacional (PIA), que atua na detecção precoce de crianças nascidas com o Pé Torto Congênito (PTC) disponibiliza um banco de órtese  que vende os objetos a baixo custo.

As órteses comercializadas já foram usadas por outras crianças e só são vendidas mediante apresentação da receita médica prescrita pelo ortopedista responsável,  indicando a necessidade do uso de órtese de abdução DB (Dennis Brown). O valor de cada órtese é R$70, quantia que é revertida ao Banco de Órtese para pagar despesas com reparos e manutenções necessárias para garantir a segurança da criança e a eficácia no tratamento.

O objetivo da iniciativa é estimular a continuidade do tratamento de Pé Torto Congênito (PTC) para as famílias que não têm condições de adquirir uma órtese nova que custa, em média, R$400. Imaginem ter que comprar uma nova cada vez que a criança crescer um pouco...

Para adquirir a órtese DB, os interessados devem entrar em contato pelo  e-mail: contato@primeiropasso.org  ou pelo telefone (11) 5049-0031. A retirada do produto deve ser feita pessoalmente na sede da Associação Primeiro Passo localizada na Av. Santo Amaro, nº1817, sala 14, Vila Nova Conceição, em São Paulo. O horário de atendimento é de terça a sexta-feira, das 9 às 18h.

Conheça o site da Associação e veja mais informações sobre o Banco de Órteses. 

Números do PTC

No Brasil são cerca de 4 mil crianças nascidas por ano com Pé Torto Congênito. Em São Paulo, de acordo com a Escola Paulista de Medicina, a cada 500 nascidos, 1 (um) nasce com o pé torto. A deformidade inclui alterações nos tecidos dos músculos, tendões, ligamentos, ossos, vasos e nervos. Sua incidência tem relação com a etnia: a proporção é de um caso para cada 1.000 nascidos vivos da cor branca e de até 6,8 para cada 1.000 nascidos vivos polinésios. O sexo masculino é duas vezes mais afetado.

Sobre a Associação Primeiro Passo

É uma entidade civil que nasceu do desejo de muitos pais de crianças com o pé torto congênito tratadas pelo Método Ponseti de multiplicar, incentivar e difundir este método de tratamento. A entidade atua na detecção precoce desta alteração ortopédica, no suporte e na facilitação do acesso a centros de tratamento no Brasil e no exterior. A Associação tem apoio e reconhecimento da PIA (Associação Ponseti Internacional). Participou de diversos eventos, como a Caminhada dos Pezinhos (2015), no Parque Ibirapuera, em São Paulo; Corrida dos Pezinhos, em Goiânia e em Cuiabá (2016), Erradicando o Pé Torto no Brasil, em Salvador (2017), e a 1º Corrida da Associação Primeiro Passo, em São Paulo (2019).


Foto ilustrativa de arquivo pessoal.

Mundo Adaptado
Franciela Fernandes
Franciela Fernandes Seguir

Sou Jornalista, casada, mãe do Martim - um menino muito sorridente. Adoro conhecer e me emocionar com histórias de vida. Sei que temos muito a adaptar neste mundo nem sempre adaptável, mas podemos e devemos fazer a nossa parte.

Ler matéria completa
Indicados para você