[ editar artigo]

Avaliação de Dupla Excepcionalidade com novo padrão WISC-5 e Raven para pessoas com deficiência.

Avaliação de Dupla Excepcionalidade com novo padrão WISC-5 e Raven para pessoas com deficiência.

Avaliação de Dupla Excepcionalidade com novo padrão WISC-5 e Raven para auxiliar crianças, adolescentes e adultos com necessidades especiais.

Profissionais do âmbito de Psicopedagogia, Neuropsicopedagogia, Psicologia e Neurologia abriram características para novas abordagens do teste de QI, mais curto para crianças, adolescentes e adultos com necessidades especiais.

Por décadas, os neuropsicólogos usaram o teste Wechsler Intelligence Scale for Children como o teste do quociente de inteligência padrão-ouro (QI) para determinar as habilidades intelectuais de crianças com necessidades especiais. No entanto, esse testes podem levar até 4, 6 até 8 horas para serem concluídos, entre várias seções, e muitas crianças,  adolescentes e adultos com necessidades especiais têm dificuldade em participar de testes tão longos.

Para resolver esse problema, os pesquisadores do Centro Thompson para Distúrbios do Autismo e do Desenvolvimento Neurológico da Universidade do Missouri identificaram medidas no teste que pareciam ser repetitivas e conseguiram encurtar o teste em até 20 minutos, mantendo a precisão na determinação do QI de uma criança.

"Como neuropsicólogos, passamos uma quantidade considerável de tempo, geralmente um dia inteiro ou uma tarde inteira com pacientes para realmente conhecê-los, e isso pode ser muito para uma criança com um distúrbio neurológico como autismo ou transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) ", disse John Lace, um estudante de doutorado que está concluindo um estágio em neuropsicologia clínica na MU School of Health Profissões. 

Se conseguirmos maximizar com eficiência as informações que obtemos de nossos pacientes durante este teste sem sobrecarregá-los, podemos economizar tempo e dinheiro para clínicos e pacientes, o que reduz a carga geral de cuidados de saúde em famílias com deficiências no desenvolvimento neurológico".

Esse novo padrão consiste também na aplicação do teste complementar conhecido como Raven para auxiliar na junção de potencialidades dentro do novo quesito de avaliação, com faixas para apoiar todas as faixas do desenvolvimento neural.

Os neuropsicólogos usam o teste Wechsler Intelligence Scale for Children com Raven para auxiliar não apenas no diagnóstico de indivíduos com distúrbios do desenvolvimento neurológico, mas também para ajudar a informar decisões sobre tratamentos e planos educacionais.

"Nosso objetivo geral é ajudar as pessoas a entender quaisquer diferenças cognitivas ou de aprendizado que possam ter, o que pode levar a opções de tratamento, como terapia comportamental ou intervenções na escola", disse Lace. "Como neuropsicólogos, nossa profissão está no ponto crucial de enfrentar esses desafios, tanto academicamente quanto na prática, para ajudar os médicos a otimizar o que fazem e impactar positivamente o atendimento ao paciente".

Referência:

John W. Lace, Zachary C. Merz, Erin E. Kennedy, Dylan J. Seitz, Tara A. Austin, Bradley J. Ferguson, Michael D. Mohrland. Exame de estimativas de QI de forma curta de cinco e quatro subtestes para a Wechsler Intelligence Scale for Children-Fifth edition (WISC-V) em uma amostra clínica mista . Neuropsicologia Aplicada: Criança , 2020; 1 DOI: 10.1080 / 21622965.2020.1747021

Mundo Adaptado
Jacson Marçal
Jacson Marçal Seguir

Autista - Savant., Ativista e Voluntário. Humanas, Neurociência Médica  pela University de Duke 2020, Especialização em Certificado Internacionalmente em Neurofeedback & Biofeedback pela Conselho Nacional de Neurociência 2019, Especialista em ABA

Ler matéria completa
Indicados para você