[ editar artigo]

VAMOS FALAR SOBRE A DEFINIÇÃO DE DEFICIÊNCIA NO MEIO AUTÍSTICO.

VAMOS FALAR SOBRE A DEFINIÇÃO DE DEFICIÊNCIA NO MEIO AUTÍSTICO.



Estamos vivenciando uma mudança cultural gigante por parte de vários profissionais e pessoas comuns entre o meio Autístico, de um lado vemos pessoas que defendem que o Autismo não é uma deficiência e sim uma doença, sem compreender a diferença de comorbidades e condições coexistentes, de outro lado pessoas e profissionais que defendem que o Autismo é sim uma deficiência, podemos observar uma ingenuidade gigantesca por parte de muitas pessoas sem respeitar a característica individual de cada Autista.


Em contra mão o mundo vem se adaptando e aperfeiçoando ao meio Autístico, conforme atualização da SSA Internacional gov., a Social Security atualizou sua lista de deficiências para o (TEA) Autismo em 2017. A listagem 112.10, para consulta global da deficiência, sabemos que partindo do princípio da equidade processo correto de justa medida para inclusão de pessoas a um meio social, devemos primeiramente entender que cada pessoa, tem suas particularidades, potencialidades e negativas, somos um único em meio a um todo, precisamos respeitar essas diferenças.


Vamos voltar um pouco em 2012? Quando Berenice Piana conseguiu aprovação da Lei 12.764, uma gigante vitória para a sociedade autística, dando acesso e direito a vários processos antes invisíveis e indisponíveis no Brasil para Autistas, incluindo todos os direitos de igualdade, benefícios, e amparo social, desde então estamos em um processo cultural gigante, onde ainda ficamos propensos a profissionais e diagnósticos desatualizado.


Levando em consideração o respeito desse ícone para nossa sociedade autística e brasileira, Berenice Piana, devemos dentro da Equidade (Sim eu gosto dessa palavra, vale toda a reflexão) respeitar nossa diversidade, assim como existem milhares de Familiares, Mamães, Papais, cuidadores e Autistas que precisam do BPC/LOAS, justiça, educação, todos os benefícios sociais junto com outras ferramentas que essa classificação lhe oferecem. Mesmo eu não precisando de alguns desses benefícios, preciso respeitar e entender que a defesa da classificação vai além da nossas particularidades individuais se estendendo a todo o grupo de Autistas que precisam de alguma maneira do devido apoio.


Vamos refletir e respeitar as diferenças.
Autista Jacson Marçal @jacsonfier nas redes sociais.

Mundo Adaptado
Jacson Marçal
Jacson Marçal Seguir

Autista - Savant., Ativista e Voluntário. Humanas, Neurociência Médica  pela University de Duke 2020, Especialização em Certificado Internacionalmente em Neurofeedback & Biofeedback pela Conselho Nacional de Neurociência 2019, Especialista em ABA

Ler conteúdo completo
Indicados para você