Mundo Adaptado
Mundo Adaptado
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Todos têm direito ao SUS, independentemente de ter ou não um plano de saúde?

Todos têm direito ao SUS, independentemente de ter ou não um plano de saúde?
Carla Delponte
mar. 7 - 6 min de leitura
000

Muitas pessoas acreditam que só têm acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) aqueles que não possuem um plano de saúde privado. Mas, na verdade, todos os brasileiros têm direito a utilizar os serviços do SUS, seja qual for a sua situação financeira. Neste post, vamos mostrar por que isso é importante e como o SUS pode beneficiar a todos.

O SUS é um dos maiores sistema de saúde pública do mundo e é responsável por atender milhões de pessoas em todo o país. Isso significa que ele é uma das principais referências em saúde pública.  Porém, o SUS ainda enfrenta muitos desafios, como a falta de recursos e a sobrecarga dos serviços, o que pode levar a longas filas de espera e atrasos no atendimento. Independende disso, é importante que todos os brasileiros, saibam que podem ter acesso ao SUS e que possam receber tratamento médico adequado quando precisarem.

É importante lembrar que o Sistema Único de Saúde (SUS) é um direito de todos os brasileiros, independentemente de terem ou não um plano de saúde privado. E se você tem um plano de saúde, saiba que também pode utilizar os serviços do SUS quando precisar.

Muitas pessoas não utilizam o SUS para solicitar equipamentos para seus filhos com deficiência, acreditando que não têm direito, por já possuírem um plano de saúde, no entanto, isso não é verdade. Produtos para pessoas com deficiência costumam ter um alto custo, e o SUS pode ajudar a conseguir o que a criança precisa, deixando para os pais adquirirem outros produtos ainda não cobertos.

O SUS oferece uma variedade de serviços e produtos para pessoas com deficiência, desde cadeiras de rodas, cadeiras de banho, próteses, órteses e acessórios para mobilidade. Além disso, o sistema conta com uma equipe de profissionais especializados em reabilitação e terapia ocupacional, que podem ajudar no tratamento e na melhoria da qualidade de vida da criança.

Portanto, se você tem um filho com deficiência e precisa de equipamentos ou tratamentos, não deixe de procurar o SUS. O sistema está à disposição para atendê-lo e pode ajudá-lo a conseguir os recursos necessários para cuidar da saúde e do bem-estar do seu filho. Lembre-se: o SUS é um direito de todos os brasileiros, independentemente de sua condição financeira, porém, o SUS ainda enfrenta muitos desafios, como a falta de recursos e a sobrecarga dos serviços, o que pode levar a longas filas de espera e atrasos no atendimento.


É importante buscar informações e orientações sobre como agilizar o atendimento do SUS. Uma opção é procurar o setor de regulação de saúde do município, que pode fornecer informações sobre a disponibilidade de serviços e produtos em cada unidade de saúde, além de orientar sobre como agendar consultas e procedimentos.

Outra alternativa é buscar a ouvidoria do SUS, que é responsável por receber e encaminhar denúncias, reclamações, elogios e sugestões dos usuários do sistema. A ouvidoria pode ajudar a resolver problemas relacionados ao atendimento e à qualidade dos serviços prestados pelo SUS.

Também vale lembrar que a participação da população é fundamental para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde, por isso, é importante cobrar das autoridades políticas a ampliação e o fortalecimento do sistema de saúde pública, para que todos possam ter acesso a serviços de qualidade e em tempo hábil, já que o sistema ainda enfrenta desafios.

Se você precisa de equipamentos para o seu filho com deficiência e deseja utilizar os serviços do SUS, confira o passo a passo a seguir para iniciar o atendimento:

  1. Procure o posto de saúde mais próximo da sua residência e informe a situação do seu filho. Agende uma avaliação médica e de Fisioterapia.

  2. Caso o equipamento seja indicado pelo médico, solicite ao profissional a prescrição do produto e a especificação técnica do modelo adequado para o caso do seu filho.

  3. Com a prescrição em mãos, dirija-se ao setor de regulação de saúde do seu município e solicite o agendamento para o serviço de Reabilitação.

  4. Na unidade de reabilitação, apresente a prescrição e a especificação técnica do equipamento e aguarde a análise da equipe de saúde.

  5. Se aprovado, o equipamento será disponibilizado pelo SUS, sem custo para a família. Caso haja indisponibilidade do produto no estoque da unidade de saúde, será emitida uma autorização para aquisição em outra instituição credenciada pelo SUS.

  6. Se o equipamento não for disponibilizado de imediato, o responsável deve solicitar o acompanhamento do processo de liberação do equipamento e a previsão de entrega.

  7. Depois de recebido o equipamento, é importante fazer o acompanhamento com a equipe de reabilitação para verificar se o produto atende às necessidades do paciente e garantir a manutenção do equipamento.

O passo a passo pode variar de acordo com cada cidade, por isso, o mais importante é procurar um posto de saúde para iniciar o processo. Pergunte sobre prazos, passo a passo para cada etapa, e estimativa de tempo de atendimento para se planejar.

O tempo de renovação para solicitação de novos equipamentos pelo SUS varia de acordo com a necessidade de cada paciente e a avaliação da equipe de saúde. Em geral, é necessário que seja realizada uma nova avaliação do paciente e a necessidade de um novo equipamento seja comprovada.

Alguns equipamentos, como próteses e órteses, têm um prazo de validade, o que significa que precisam ser trocados em um determinado período de tempo, que pode variar de acordo com o tipo de produto e a recomendação médica.

Caso haja necessidade de solicitar um novo equipamento antes do prazo estipulado pela equipe de saúde, é importante conversar com o médico ou com a equipe de reabilitação para avaliar a necessidade da troca e verificar se é possível fazer a solicitação.

Lembre-se de que a solicitação de equipamentos pelo SUS pode levar um tempo para ser aprovada e disponibilizada, por isso é importante fazer o acompanhamento regular com a equipe de saúde e garantir que o equipamento atual esteja em boas condições de uso.



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você