[ editar artigo]

Projeto EsportivaMente forma profissionais para atuar junto à pessoa com deficiência

Projeto EsportivaMente forma profissionais para atuar junto à pessoa com deficiência

Depois do sucesso com a primeira turma, que reuniu cursistas de 12 estados e, até, uma de Portugal, terão início neste sábado as aulas da segunda turma do projeto EsportivaMente, concebido pelo Instituto Incluir, em parceria com o Instituto Politécnico de Leiria e o Centro de Referência em inclusão digital (CRID), em Portugal, e com o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Inclusão, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (LEPEDI/UFRRJ).

Viabilizado graças à Lei Federal de Incentivo ao Esporte, o projeto é voltado à formação de profissionais das áreas de Esporte, Educação e Cultura com foco na inclusão para o trabalho junto a pessoas com deficiência, e contempla aulas por meio de uma plataforma digital.

Presidente do Instituto Incluir, a psicóloga, empreendedora social e doutoranda em Educação Carina Alves destaca o êxito do projeto: “O foco do EsportivaMente na comunicação acessível, na educação inclusiva e no esporte para todos despertou grande interesse, assim como o diploma binacional (Brasil/Portugal) que o projeto confere na conclusão do curso”.

Assim como a primeira turma, a segunda será composta por 50 cursistas, que assistirão a aulas no formato remoto, por meio da sala de Zoom do Instituto Incluir. Os realizadores do EsportivaMente comemoram a abrangência que o projeto alcançou. “Tínhamos como uma das metas atrair cursistas das regiões Norte e Nordeste. Já na primeira turma, tivemos cursistas de cidades do interior do Pará, Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará e Paraíba, entre outros”, acrescenta Carina Alves.

Cada etapa do projeto tem aulas por um período de três meses. Os alunos dispõem de uma biblioteca virtual, hospedada nos sites do Instituto Incluir e do LEPEDI/UFRRJ. De acordo com Carina, eles enaltecem o formato do curso: “Por morarem em cidades distantes dos grandes centros, muitos se ressentiam da falta de oportunidades de formação, e dizem que o EsportivaMente preencheu esta lacuna”.

O trabalho de conclusão de curso prevê a produção, por duplas de cursistas, de documentários de no máximo dez minutos de duração, tratando de práticas inclusivas. Os vídeos são requisito indispensável para a obtenção dos certificados do curso, emitidos pelas instituições envolvidas em sua realização. Todos os vídeos estarão disponíveis no canal do YouTube do Incluir.

O EsportivaMente é uma realização do Instituto Incluir, com parceria do Instituto Politécnico de Leiria e do Centro de Referência em inclusão digital (CRID), em Portugal, e com o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Inclusão, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (LEPEDI/UFRRJ). O projeto tem patrocínio da IBM, Icatu Seguros, BASF, Magnesita, RIP, e apoio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

Mundo Adaptado
Gabriela Coelho
Gabriela Coelho Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você