[ editar artigo]

Professor viraliza ao ajudar aluno cadeirante a pular corda (veja o vídeo)

Professor viraliza ao ajudar aluno cadeirante a pular corda (veja o vídeo)

Criança cadeirante pode pular corda? Para o professor João Hoffmann, de Taubaté (SP) pode sim e é preciso apenas uma "ajudinha" para realizar esse sonho! Heitor, de sete anos, é a criança que aparece no vídeo que viralizou na internet na última semana. 

A cena aconteceu em uma escola pública na região do Vale do Paraíba e tocou a todos que viram o vídeo. O professor conta que os alunos estavam em um período livre de brincadeira quanto Heitor falou que gostaria de pular corda também. O profissional não pensou duas vezes: pegou ele no colo e juntos pularam corda pela primeira vez.

“Tento sempre trabalhar de maneira que ele possa ser incluído, para a turma também não colocar limitações para ele. É uma criança com deficiência, mas queria que tivesse aquele momento. Foi um gesto simples, mas que eu sei que para ele fez diferença”, conta o educador.

Que demais não? E essa não foi a primeira vez que o professor teve uma atitude assim. Ele também já brincou de pega-pega com Heitor nas costas (de cavalinho).

 João trabalhava como personal e preparador físico, mas há dois anos decidiu começar a dar aula. Já no início teve contato com a inclusão e pretende continuar atuando na área.

 

“Fiquei apaixonado pelo trabalho com as crianças e pelo poder transformador que a educação tem. Me esforço para dar o melhor, porque eu sei que meu trabalho pode impactar a vida deles para sempre”.

E o recada que fica, para todos nós, é: crianças com deficiência continuam sendo crianças. Gostam de brincar! E adaptar uma brincadeira no ambiente escolar ou em casa com parentes pode ter um efeito transformador e tanto. Não só na vida dos nossos(as) filhos(as), mas de todo o entorno: família, amigos, vizinhos, empresas...

Confira o vídeo emocionante aqui.

 

Mundo Adaptado
Mundo Adaptado
Mundo Adaptado Seguir

Plataforma de Produtos e Conteúdo colaborativo para auxiliar no dia a dia de familiares de pessoas com deficiências, proporcionando qualidade de vida e Acolhimento.

Ler matéria completa
Indicados para você