[ editar artigo]

Entendendo o Autismo Infantil e Aplicando a Intervenção Precoce.

Entendendo o Autismo Infantil e Aplicando a Intervenção Precoce.


Os bebês, ao nascerem, têm aproximadamente 100 bilhões de neurônios interconectados por cerca de 50 trilhões de sinapses. Isso é necessário para que a criança nasça com alguns "instintos", como respirar, sugar, chorar.

Ao longo dos primeiros meses de vida, as sinapses aumentam muito. É fundamental, aqui, que as informações ambientais sejam ricas em qualidade, para que a aprendizagem se forme de maneira eficiente e se molde um cérebro funcional.

O crescimento das ligações entre os neurônios ocorre a vida toda, porém ocorre de forma intensa, frenética, somente nos primeiros anos de vida.A maneira como os caminhos neuronais foram formados nos primeiros anos de vida determinará a capacidade que o cérebro terá por toda a vida. É importante, nessa fase, fornecer estímulos que gerem o máximo de quantidade e qualidade de ligações. Aproveitar ao máximo para oferecer estímulos ricos em cores, sons e sensações táteis.

Mesmo quando o cérebro tem alterações importantes é possível a estimulação de novos caminhos. A formação de novas redes neuronais poderá acontecer de forma mais lenta, mas há capacidade de evolução, desde que com assistência
especializada adequada. É muito mais fácil uma criança aprender diferentes idio-
mas, fluentemente, se o faz desde pequena, do que o adulto, o mesmo ocorre para aprender a tocar instrumentos musicais.

Como o cérebro aprende, insistimos muito neste ponto tratar o mais cedo possível! Intervir nos sinais apresentados por uma criança, mesmo
sem diagnóstico fechado. O quanto antes começamos a estimulação adequada, enquanto as crianças são bem pequenas, mais possibilidade de ensinar novos repertórios e melhorarmos a caracteristica no autismo.

Mundo Adaptado
Jacson Marçal
Jacson Marçal Seguir

Autista - Savant., Ativista e Voluntário. Humanas, Neurociência Médica  pela University de Duke 2020, Especialização em Certificado Internacionalmente em Neurofeedback & Biofeedback pela Conselho Nacional de Neurociência 2019, Especialista em ABA

Ler conteúdo completo
Indicados para você