[ editar artigo]

A mulher cuidadora merece ser cuidada

A mulher cuidadora merece ser cuidada

No último sábado de novembro (30/11), com o apoio inestimável de algumas instituições como a Mundo Adaptado e o Projeto Lia, fiz uma palestra sobre Constelação Familiar para mães de crianças com deficiências.

Foi uma experiência marcante e transformadora com a participação de mulheres que se abriram com suas percepções e dores, alegrias e tristezas, em um espaço preparado carinhosamente para isto. 

Gosto de ressaltar para todos e para elas mesmas que, antes de serem mães, são mulheres. Por isso, gosto de lembrar da importância de na lida do dia-a-dia, com todos os desafios que tal função exerce, criar um momento onde elas possam se olhar, acalentar e dialogar. Esse encontro que realizamos foi muito valioso e imprescindível para quem tem a missão de cuidar de seres tão especiais.

A mulher cuidadora merece ser cuidada!

A mulher cuidadora merece ser olhada!

A mulher cuidadora merece ser ouvida!

Quando temos este espaço de encontro experiências são trocadas, histórias são ouvidas e compreendidas e ampliam-se as possibilidades de integrar forças e ficarmos mais compassivas, compreensivas e energizadas nas nossas relações familiares, pessoais e profissionais.

Tudo isto foi possível graças ao uso de uma terapia breve e muito transformadora chamada de Constelação Familiar. Ela pode ser vivenciada em  encontros individuais ou em grupo, a exemplo do que realizamos em novembro.

A Constelação Familiar é uma terapia dos relacionamentos que trabalha primeiro a relação da gente com nós mesmos e depois a nossa relação com nossos pais, marido, filhos e com as demais pessoas. Ela mostra de forma pontual e precisa para quem a vivencia, por meio das Ordens do Amor ou das Leis Sistêmicas, o que está precisando ser olhado e transformado nas nossas vidas.

Bert Hellinger, seu criador, criou uma ferramenta potente e transformadora para auto percepção e resolução de temas que atrapalham a nossa plenitude na Vida. No presente. No aqui e agora.

Sim, Vida com letra maiúscula, pois com todos os seus desafios e aprendizados, estar aqui e agora em plenitude é possível para todos nós.  Mesmo para aquelas mulheres que dedicam seu amor, seu tempo e sua vida para cuidar destes seres tão especiais e que demandam tanta dedicação e comprometimento: as pessoas com deficiência. Pode ser um filho, um ente da família, um paciente.

Um encontro de Constelação Familiar nos possibilita a abertura para nos olhar, nos trabalhar intimamente e receber apoio, ajuda e carinho. Ela nos auxilia a identificar nossas próprias questões, crenças e dores fazendo com que as enxerguemos e possamos acessar a alegria de estarmos vivos, com tudo o que se apresenta no momento presente. Ser feliz com a vida do jeito que ela é. 

A Constelação Familiar ajuda a retomar a força que vem dos nossos pais e antepassados para sermos os autores principais da nossa história escrevendo-a com clareza, força e determinação que as situações desafiantes e incontroláveis nos exigem diariamente.

Quem cuida também precisa ser cuidado para poder. "cuidar bem". Você tem se olhado, valorizado, amado, integrado, ouvido, expressado? Como se sente perante a Vida e os desafios e as oportunidades os quais ela te proporciona?

Gratidão a todas as mulheres que participaram do encontro e criaram um espaço de troca, curas e carinhos em um mundo onde dificilmente paramos para nos ouvir, ver, compreender e acalentar.

Com carinho,

Cláudia Pampolini - Terapeuta Sistêmica Quântica de Constelação Familiar, Criança Interior e Eneagrama

(41) 98419-8878

Mundo Adaptado ®
Ler conteúdo completo
Indicados para você