[ editar artigo]

A crítica irrefutável no Autismo e suas consequências.

A crítica irrefutável no Autismo e suas consequências.

A crítica irrefutável no Autismo e suas consequências.

O Autista tem extrema facilidade em criar rotinas, dentro desse aspecto precisamos observar atentamente fatores que corroboram para um qualidade de vida no meio Autístico.

Iniciamos por fatores que sugerem uma possível avaliação do seu estado emocional, dentro desses quesitos é comum sim Autistas apresentarem transtornos de personalidade,  alterações de humor ou agressividade, devemos observar que o normal de se apresentar não significa o normal de aceitar. Diariamente presencio diálogos de Autistas que têm extremas frustrações,  dentro de um controle mínimo vejo possíveis troféus baseados na somatização de todos os seus transtornos. 

Nesse momento convido a uma reflexão,  até que ponto apresentar tais Comorbidades ou Condições Coexistentes com negativas não seja necessário o acompanhamento sério para o devido tratamento e apoio médico e terapêutico? Não devemos aceitar fatores que direcionam um posicionamento para tais inabilidades sociais, não são questões de percepção para uma obrigatoriedade de interação social, mas um respaldo justo para sua saúde mental.

Hoje com todas as avaliações sabemos que não é possível modular o processo neural dentro do seu neurodesenvolvimento, porém podemos trabalhar fatores que melhorem nossa aptidão e integração social, dentro desses fatores não queremos que o Autista deixe de ser Autista, mas que sua qualidade de vida seja satisfatória. Atividades de reforço,  trabalhos de feedback para retornos dentro de uma posição poderá melhorar significativamente a sua resposta e diálogo social, levando em consideração a necessidade de conscientização ao meio tipo, tais fatores podem colaborar para tão sonhada equidade que tanto buscamos.

A reflexão é simples;

Tais fatores dentro de uma desordem maior causa efeitos negativos que transcendem seu entendimento? 

Tais características mantém uma desordem maior para possíveis estágios de agressividade?

Tais fatores idealizam uma crítica imutável,  sem possibilidade de abertura para o diálogo?

São algumas das várias formas de se observar tais aspectos, mas isso não significa que será fácil, que a melhora será rápida ou total, dentro dessa perspectiva os tratamentos e terapias devem se manter para um acompanhamento contínuo, possíveis recaídas são uma das várias possibilidades que enfrentaremos neste árduo caminho. 

ndo observamos total inflexibilidade, dentro de padrões Autísticos, não devemos criar uma ambientação única,  restritiva, de pensamento irrefutável, essa perspectiva só alimenta a falsa ilusão de não evolução,  de não apoio, de não melhora para uma visão micro de sua instabilidade. Autistas são ótimos replicadores, adoram espelhos sociais, gostam de discutir dentro do seu hiperfoco, as possibilidades são gigantescas, dentro dessa reflexão convido não apenas familiares mas autistas jovens, adolescentes e adultos a se darem uma oportunidade de crescimento gradual, respeitando suas potencialidades e negativas dentro do espectro. 

Autista Savant Jacson Marçal @jacsonfier

Mundo Adaptado
Jacson Marçal
Jacson Marçal Seguir

Autista - Savant., Ativista e Voluntário. Humanas, Neurociência Médica  pela University de Duke 2020, Especialização em Certificado Internacionalmente em Neurofeedback & Biofeedback pela Conselho Nacional de Neurociência 2019, Especialista em ABA

Ler conteúdo completo
Indicados para você