[ editar artigo]

O autismo e suas consequências associadas em questões sensoriais, minhas dificuldades com a hipersensibilidade

O autismo e suas consequências associadas em questões sensoriais, minhas dificuldades com a hipersensibilidade

O autismo e suas consequências associadas em questões sensoriais, minhas dificuldades com a hipersensibilidade auditiva.

Desde pequeno eu já apresentei várias dificuldades relacionadas a parte auditiva, eu sempre fiquei agoniado com dificuldades de concentração em fatores que me colocavam no meio típico social. Com o passar dos anos na escola foi minha primeira experiência ruim, a quantidade de crianças relacionado aos barulhos que elas faziam no recreio me deixava extremamente rígido e recuado no meio social.

Por vários anos eu preferi usar fones adaptativos, sempre observando fatores da época para melhor adaptação, os médicos relacionavam minha audição aguçada ao fato da visão monocular (Quem já me segue sabe que tenho visão monocular associado ao meu neuro-desenvolvimento e o Savant) com o tempo eu não queria mais ficar em ambientes barulhentas, nas festas na adolescência eu até tentava, mas não conseguia ficar muito tempo próximo aos sons que ecoavam um barulho forte.

Na fase adulta eu já estava muito mais caçado, eu conseguia ouvir conversas, falas e até fofocas de outros funcionários na empresa de uma sala para outro, nunca fui de explanar essa característica, mas me deixava muito triste pelo que ouvia e pelo que sentia sobre tudo aquilo, às vezes sobre mim às vezes sobre outros.

Foi então que após o diagnóstico do autismo tudo começou a se ligar, além das consequências eu tinha um novo diagnóstico a famosa e temida misofonia adquirida, com panico e crise por sons específicos com uma certa continuidade, barulho de moto, buzinas, gritos, mascar chicletes ou comer com a boca aberta são alguns dos efeitos que ativam esse estado da misofonia em mim, hoje faço utilização d medicamentos para me manter mais calmo além das terapias constantes para melhorar minha comunicação sobre determinados sons, visto que minha audição tem uma acuidade de 200% em comparação ao ganho no Ouvido direito e 150% no ouvido esquerdo.

Busque sempre entender características sensoriais no autista, evitando um acumulo e desgaste a longos períodos, existem exemplos que disponibilizo no meu Instagram sobre tipos de fones, além é claro de consultar sempre um bom médico e terapeuta profissional para o devido apoio.

Autista Savant Neurocientista - Jacson Marçal @jacsonfier no Instagram.

Mundo Adaptado ®
Jacson Marçal
Jacson Marçal Seguir

Autista - Savant., Ativista e Voluntário. Humanas, Neurociência Médica  pela University de Duke 2020, Especialização em Certificado Internacionalmente em Neurofeedback & Biofeedback pela Conselho Nacional de Neurociência 2019, Especialista em ABA

Ler conteúdo completo
Indicados para você